30 de maio em defesa da educação!

As ruas do país serão novamente ocupadas por atos em defesa da educação pública em 30 de maio, próxima quinta-feira. Entidades estudantis e sindicais estão chamando mobilizações em todo o país para fortalecer a luta contra os cortes de orçamento. O Dia de Lutas também servirá como preparação para a Greve Geral, convocada pelas centrais sindicais para 14 de junho.

A Adunifesp-SSind apoia as manifestações locais e nacionais em defesa da educação nesse dia 30 de maio! Rumo à greve geral do dia 14 de junho!

Continuar lendo “30 de maio em defesa da educação!”

Decreto de Bolsonaro ataca autonomia universitária

Reitores não poderão mais nomear pró-reitores nem diretores

O presidente Jair Bolsonaro publicou, na terça (14), o Decreto 9794. Com o decreto, a partir de 25 de junho, os reitores de universidades, CEFETs e institutos federais não poderão mais nomear pró-reitores e diretores de unidades. A nomeação caberá a Onyx Lorenzoni, ministro chefe da Casa Civil, e a Abraham Weintraub, ministro da Educação. Os docentes indicados para os cargos terão que passar por investigação de vida pregressa feita pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e pela Controladoria Geral da União (CGU).

Continuar lendo “Decreto de Bolsonaro ataca autonomia universitária”

Por que o Brasil está nas ruas pela educação?

Assista na íntegra publicação do Brasil de Fato analisando os ataques do governo às universidade e a mobilização em defesa da educação pública. #NaRuaPelaEducação | Professores, estudantes e trabalhadores da educação de todo o Brasil amanheceram em luta neste 15 de maio, data que marca a primeira greve nacional contra políticas do governo Jair Bolsonaro (PSL), como os cortes na educação e a Reforma da … Continuar lendo Por que o Brasil está nas ruas pela educação?

Confusão de dados é proposital

Sem sucesso, ministro Weintraub tentou convencer estudantes e acadêmicos de que bloqueio seria de apenas 3,5%

Igor Carvalho

Brasil de Fato | São Paulo (SP), 14 de Maio de 2019 às 10:03

Com chocolates, ministro cita porcentagem bem menor de bloqueio nas universidades

Desde o último dia 30 de abril, quando o ministro da Educação Abraham Weintraub declarou que cortaria 30% do orçamento das universidades federais que provocarem “balbúrdia” em seus campi – citando a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Universidade Federal Fluminense (UFF) –, o tema da educação superior ocupou lugar de destaque nas discussões políticas no país.

Continuar lendo “Confusão de dados é proposital”

AG 22/04: Ato em defesa da autonomia da universidade

Nesta segunda-feira, dia 22 de abril de 2019 foi realizada a Assembleia Geral dos Docentes da Unifesp, com a seguinte pauta: 1) Discussão e organização de ato pela liberdade/autonomia acadêmica na Unifesp; 2) Informe sobre a questão financeira da Adunifesp-SSind (contribuição sindical); 3) Calendário de lutas (mobilização em 15/5); 4) Nova ação do vale-transporte.


E realizados os seguintes e respectivos encaminhamentos: 1) Indicativo de realização do ato para o dia 27 de maio a partir das 10h no campus São Paulo da Unifesp, com os seguintes convidado (a)s – Daniel Cara, Maria Benevides, Fabio Comparato, Elisaldo Carlini, representante da SBPC; moção de solidariedade à prof. Camila Marques (Instituto Federal de Goias) e prof. Gabriel Pimentel (Escola Estadual de Uberlândia) detidos de maneira arbitrária pela polícia, e ao prof. demitido no colégio Poliedro de São José dos Campos; 2) Seguir com a campanha de transição das formas de recolhimento/contribuição e formação de coletivos locais nos campi para ampliar a campanha junto aos docentes em seus departamentos; 3) Participar das manifestações do dia 1º de maio, junto às centrais sindicais e monitorar a organização do dia 15 de maio, com possíveis atividades nos campi; 4) Aprovado por unanimidade a abertura de noca ação para garantir o direito do vale transporte aos docentes.

Continuar lendo “AG 22/04: Ato em defesa da autonomia da universidade”

Adunifesp-SSind segue defendendo a autonomia universitária junto ao novo Ministro da Educação

No dia 08 de abril de 2019, logo após Abraham Weintraub, economista e professor da Unifesp, ocupar o cargo de Ministro da Educação, o Jornal Estadão procurou a Adunifesp-SSind para buscar informações e expectativas sobre a nova gestão e o Prof. Daniel Feldmann, presidente da entidade deu a seguinte declaração: “Espero que o novo ministro, como professor de uma Universidade Federal, saiba que a lógica … Continuar lendo Adunifesp-SSind segue defendendo a autonomia universitária junto ao novo Ministro da Educação

EXTINÇÃO DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS NAS IFES

O Decreto 9725/19, publicado no dia 13 de março de 2019, é mais um grave ataque ao funcionalismo público. A publicação acaba com cerca de 21 mil funções, cargos e gratificações no serviço público federal, com perdas significativas nas Instituições Federais de Ensino – IFES. (Acesse o Decreto aqui).

Continuar lendo “EXTINÇÃO DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS NAS IFES”

ASSEMBLEIA DOCENTE: CATEGORIA DISCUTE FORMAS DE SOBREVIVÊNCIA E ESTRATÉGIAS DE LUTA

Nesta terça-feira, dia 19 de março de 2019, foi realizada a Assembleia Geral dos Docentes da Unifesp pautando os ataques aos docentes e à universidade pública; a sobrevivência dos sindicatos – MP 873 e o dia 22/03 como dia nacional de lutas. Após abertura da mesa analisando a conjuntura que envolve sistemáticos ataques aos serviços e servidores públicos, em especial a educação superior e a categoria docente, foi aberta à participação dos presentes compartilhando suas preocupações, discutindo sobre diferentes pontos de vista e chegando ao consenso sobre os seguintes encaminhamentos: 1) Organização imediata (para semana próxima) de reunião aberta com  a presença da assessoria jurídica da Adunifesp-SSind para esclarecimentos sobre a Funpresp e a reforma da previdência; 2) Realização de Assembleias locais nos campi, também com a presença da assessoria jurídica, pautando a Funpresp e reforma da previdência; 3) Organização e realização de Ato Público, em conjunto com as demais entidades da Unifesp, pautando a autonomia acadêmica, a reforma da previdência e demais ataques à universidade e à categoria docente; 4) Elaboração e divulgação de nota sobre a extinção das funções gratificadas; 5) Elaboração e divulgação de nota sobre a MP 873 que proíbe o desconto da contribuição sindical diretamente em folha de pagamento; 6) Iniciar planejamento para alternativas de contribuição sindical, como débito automático e cartão de crédito; 7) Todas as atividades organizadas devem ser acompanhadas de campanha de filiação; 8) Participação no Ato do dia 22/03  contra a reforma da previdência, com ponto de encontro da Unifesp no Conjunto Nacional às 17h.

Continuar lendo “ASSEMBLEIA DOCENTE: CATEGORIA DISCUTE FORMAS DE SOBREVIVÊNCIA E ESTRATÉGIAS DE LUTA”

Problemática migração para FUNPRESP


O Sindicato Nacional dos Docentes – ANDES publicou uma circular, no dia 13 de março de 2019, alertando a categoria sobre alguns graves problemas na adesão ou migração para o Regime de Previdência Complementar gerido pelo FUNPRESP. Especialmente para os colegas que ingressaram na universidade antes de dezembro de 2003, uma vez que abrirão mão do direito à integralidade no cálculo de seus benefícios. E aos docentes que ingressaram no cargo entre 2004 e 2013 recomenda-se que a eventual imigração para a Previdência Complementar seja acompanhada pela assessoria jurídica das seções sindicais afim de evitar maiores perdas de direitos.

Leia abaixo a nota completa:

Continuar lendo “Problemática migração para FUNPRESP”

DIEESE lança guia sobre Reforma da Previdência proposta por Bolsonaro

 

O DIEESE (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos) publicou, nesta terça-feira, 26, um estudo detalhado sobre a versão oficial do Governo Federal para a reforma da Previdência e da Assistência Social, apresentada na PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 06/2019.

ACESSE AQUI O DOCUMENTO NA ÍNTEGRA

O documento, um “Guia para Leitura e Consulta”, apresenta uma síntese dos principais itens da PEC, com comentários sobre os efeitos que sua eventual aprovação pelo Congresso irá provocar nos atuais modelos de aposentadoria e no sistema de Seguridade Social estabelecido na Constituição.

Continuar lendo “DIEESE lança guia sobre Reforma da Previdência proposta por Bolsonaro”