Arquivo diários:22 de outubro de 2012

Consu precisa ratificar consulta sobre próxima reitoria da Unifesp, reivindicam entidades

O Conselho de Entidades da Unifesp divulgou nota nesta segunda-feira (22) na qual reivindica que o Conselho Universitário (Consu) respeite o resultado da Consulta à Comunidade sobre a próxima gestão da reitoria da Instituição. Na próxima quarta-feira, dia 24, o Consu irá se reunir para compor a lista tríplice que seguirá para Brasília para indicação do novo reitor e vice-reitor pela presidenta Dilma Rousseff.

O documento subscrito pela Adunifesp, APG, Amerepam, DCE e Sintunifesp ainda destaca a qualidade dos debates e a participação recorde da comunidade universitária no pleito, que contou com mais de sete mil votantes. Entre os docentes a participação foi ainda mais expressiva, atingindo cerca de 80%.

A consulta à comunidade aconteceu nos dias 16 e 17 de outubro e a Chapa 3, das docentes Soraya Smaili e Valéria Petri, saiu-se vitoriosa com 39,06% dos votos. A Chapa 2, dos docentes José Luiz Amaral e Ricardo Smith, ficou em segundo lugar, obtendo 30,43% dos votos, e a Chapa 1, das docentes Rosana Puccini e Isabel Cunha, acabou em terceiro, com 28,81%. Esses resultados já levam em consideração a ponderação entre os pesos das categorias na consulta: os docentes representam 70%, os servidores técnico-administrativos 15% e os estudantes 15%. Confira o documento:

Nota do Conselho de Entidades à Comunidade
O papel histórico do Conselho Universitário da Universidade Federal de São Paulo

A comunidade da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) cresceu, tornou-se mais complexa e plural e desde a última eleição para Reitor, nos dias 16 e 17 de outubro, deu uma grande demonstração de maturidade democrática ao comparecer às urnas de maneira compromissada com o futuro da instituição e sufragou 45% dos votos do colégio eleitoral, ou seja, 7.085 votos de um total de 18.164 votantes.

A apuração revelou que a Chapa 3, composta pelas professoras Soraya Soubhi Smaili e Valeria Petri, respectivamente candidatas à Reitora e Vice-Reitora, obteve a maior percentagem dos votos, cerca de 39% , ficando à frente da Chapa 2, em segundo lugar, com 30,43%, representada pelos professores José Luiz do Amaral e Ricardo Smith, e da Chapa 1, em terceiro lugar, com 28,81%, composta pelas professoras Rosana Fiorini Puccini e Isabel Cristina Olm Cunha.

Tais resultados consideram a ponderação do peso dos votos entre as categorias, isto é, os docentes representam 70%, os servidores técnicos administrativos, 15%, e os estudantes, 15%. Considerando o total de votos individuais, a Chapa 3 recebeu 3.640 votos, correspondendo a mais de 52% dos votos válidos na eleição mais participativa da história da Unifesp.

A campanha foi marcada pelo amplo debate mediante a realização de vários encontros e ações nos seis campi que hoje compõem a Unifesp, mostrando que a nova situação existente, caracterizada pela ampliação das áreas de conhecimento, pela maior diversidade e participação dos docentes, alunos e servidores técnico-administrativos em educação dos demais campi, além do campus São Paulo, constitui uma realidade pujante e que espera a superação dos problemas existentes a partir da nova gestão, que se estenderá de 2013 a 2017.

Diante do que demonstrou o resultado das urnas de forma clara, cabe agora ao Conselho Universitário (Consu) da Unifesp, como espera toda a comunidade e seu órgão de representação, o Conselho de Entidades, o papel de ratificar a vontade expressa nas urnas.

A construção da lista tríplice que será enviada à Presidência da República e ao Ministério da Educação em conformidade com anseio da comunidade, é fundamental para que a democracia seja respeitada e que a Unifesp possa empreender uma caminhada de forma segura e firme visando um futuro de superação dos vários e importantes desafios a enfrentar.

O primeiro passo nessa trajetória inicia-se com a ratificação da vontade das urnas pelo órgão máximo da Universidade, o Consu, no sentido de ser fiel ao desejo dos sujeitos que constroem a vida cotidiana da nossa Instituição.

São Paulo, 22 de outubro de 2012

Conselho de Entidades da Unifesp

Associação dos Docentes da Unifesp-Secção Sindical (Adunifesp-SSind)
Associação de Médicos Residentes da Escola Paulista de Medicina (Amerepam)
Associação dos Pós-Graduandos da Unifesp (APG)
Diretório Central dos Estudantes da Unifesp (DCE)
Sindicato dos Trabalhadores da Unifesp (Sintunifesp)