Em defesa do projeto pedagógico e contra o ataque à Unila

A direção da Adunifesp vem a público se manifestar em desagravo à emenda aditiva n. 55 à MP 785/2017, proposta pelo deputado Sérgio Souza (PMDB/PR), por ferir a autonomia universitária assegurada pela LDB e pela Constituição Federal, ao impor total alteração do projeto e missão da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, com sede em Foz do Iguaçu (PR).

A Unila foi criada pela lei Lei 12.189/10 aprovada por unanimidade no congresso Nacional, “tendo como missão institucional específica formar recursos humanos aptos a contribuir com a integração latino-americana, com o desenvolvimento regional e com o intercâmbio cultural, científico e educacional da América Latina, especialmente no Mercado Comum do Sul – MERCOSUL”.

A Emenda Aditiva nega qualquer consulta aos servidores e servidoras da UNILA e ao seu corpo discente, que tem trabalhado incansavelmente para colocar a Universidade, com seu projeto inovador, entre as melhores do país, com a terceira colocação no Índice Geral de Cursos do MEC, em 2015.

O deputado Sérgio Souza é um notório representante do agronegócio, que tem recorrido a motivos xenófobos e à distorção de informações para impetrar este golpe à autonomia universitária e à integração latino-americana, que foi proposto de maneira sorrateira e sem qualquer discussão pública ou consulta à comunidade universitária.

A Emenda Aditiva representa forte afronta ao Estado Democrático de Direito, agravada pelo subterfúgio de escamotear a extinção de uma universidade numa Medida Provisória que trata de tema de natureza absolutamente distinta – no caso, o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

Resultado Eleições Adunifesp

COMUNICADO Nº 004/2017 – 30/06/2017

ATENÇÃO PROFESSORES:

RESULTADO DA ELEIÇÃO PARA DIRETORIA DA ADUNIFESP-SSIND.

GESTÃO 2017/2019

A Comissão Eleitoral informa que a chapa “ADUNIFESP EM DEFESA DO ENSINO PÚBLICO E GRATUITO” foi eleita conforme resultado abaixo:

  • Total de sócios = 707

  • Total de assinaturas nas listas = 131

  • Total de votos favoráveis = 123

  • Total de votos brancos = 4

  • Total de votos nulos = 4

Sendo que tínhamos a informar neste momento.

PROFA. DRA. MARIA GRACIELA GONZALEZ PEREZ DE MORELL
Presidente da Comissão Eleitoral

PROF. DR. ANTONIO ROBERTO ESPINOSA
Comissão Eleitoral

PROFA. DRA. LUCIA CHRISTINA IOCHIDA
Comissão Eleitoral

PROF. DR. JULIO CEZAR ZORZENON COSTA
Comissão Eleitoral

30/Jun – Greve Geral

A Associação dos Docentes da Unifesp declara apoio à mobilização nacional para greve geral em 30/06 e convida categoria para participação do grande ato convocado pelas frentes populares, centrais sindicais e movimentos sociais na Av. Paulista às 16h (com ponto de encontro da Adunifesp-SSind e Unifesp em frente ao Conjunto Nacional).

Adunifesp-SSind

Carreira é coisa séria: pelo reenquadramento dos docentes provenientes de outras universidades federais

A Associação dos Docentes da Unifesp vem por meio deste, comunicar à categoria que protocolou em 26/06/17, requerimento coletivo ao Conselho Universitário da Unifesp para pautar reconhecimento do direito à permanência na mesma classe, patamar e nível de carreira daqueles docentes provenientes de outras universidades federais.

Continue lendo Carreira é coisa séria: pelo reenquadramento dos docentes provenientes de outras universidades federais

Comunicado nº 003/2017 – 26/06/2017

Ref.: Eleição Adunifesp-SSind. – Dias 27, 28 e 29/06/2017 – Urnas Campus Diadema

Prezados professores,

Abaixo confirmamos locais e horários de votação no Campus Diadema:

. Unidade Doll (Rua Antônio Doll de Moraes, 105 – Centro)

Gabinete Profa. Eliane Cruz

– Dia 27/06: das 13h30 às 18h30

– Dia 28/06: das 13h às 14h e das 18h às 19h

 

. Unidade José de Alencar/Prédio de Vidro (Rua São Nicolau, 210)

Secretaria da Diretoria Acadêmica, com Débora

– Dias 27, 28 e 29/06: das 9h às 12h e das 14h às 16h

 

. Unidade José de Filippi (Eldorado)

Laboratório 27 ou Sala dos Professores nº 4, com Profa. Vera Flor

– Dia 27/06: das 11h às 16h

– Dia 28/06: horário a confirmar

Continue lendo Comunicado nº 003/2017 – 26/06/2017

Assembleia Geral dos Docentes da Unifesp apoia Greve Geral em 30/jun

Nesta segunda-feira, 26 de junho de 2017, foi realizada a Assembleia Geral dos Docentes da Unifesp pautando: 1) Greve Geral em 30/06; 2) Crise no Hospital São Paulo e 3) Indicação para CONAD. Após informes das assembleias locais e debate sobre os pontos de pauta foram realizados os seguintes encaminhamentos:

1) Sobre a Greve Geral em 30/06: apoio à mobilização nacional e convite à categoria para participação do grande ato convocado pelas frentes populares, centrais sindicais e movimentos sociais na Av. Paulista às 16h (com ponto de encontro da Adunifesp-SSind e Unifesp em frente ao Conjunto Nacional); levar a pauta local de defesa do Hospital São Paulo para o espaço de mobilização nacional; e sugestão de realização de outras formas de mobilização, como debates, atividades, etc, nos campi da Unifesp dependendo da condição, organização e deliberação da categoria docente local.

Continue lendo Assembleia Geral dos Docentes da Unifesp apoia Greve Geral em 30/jun

26/jun – Assembleia Geral dos Docentes da Unifesp

A Diretoria da Adunifesp-SSind. convoca a categoria para a Assembleia Geral dos Docentes da Unifesp que será realizada em 26 de junho de 2017, às 11h30, no Anfiteatro Nylceo Marques de Castro, Anf. C –  Rua Botucatu 740 subsolo (ao lado do anf. A), com a seguinte pauta:

1) Greve Geral em 30/06;

2) Crise do Hospital São Paulo;

3) Indicação/Participação do CONAD.

Saudações Sindicais e Universitárias,

Adunifesp-SSind.

Precisamos ampliar e fortalecer a mobilização

Em um curto período de tempo, entre abril e junho de 2017, vivenciamos tantos embates políticos que as reflexões ponderadas não encontram seu compasso junto à necessidade de ações políticas tornando-se, na maioria das vezes, reações políticas. O acirramento da crise política com a exposição midiática dos agentes golpistas, num momento de votação iminente das reformas da previdência e trabalhistas, e da construção e fortalecimento das mobilizações desde a greve geral de 28 de abril, nos imobilizou por alguns instantes, em que discutimos sem muita objetividade sobre as possíveis sucessões, os cenários e conjunturas, agravados pela incógnita participação midiática num golpe que a própria mídia hegemônica ajudou a concretizar.

Não podemos nos abalar e nem nos deixar confundir pelo acelerado compasso dos embates políticos, a central reflexão já foi feita, as bandeiras construídas e levantadas, não aceitamos esse ilegítimo governo, defendemos a manutenção de direitos conquistados como a previdência e trabalhistas e exigimos a participação direta da população nos rumos políticos do país. O movimento Ocupa Brasília em 24 de maio mostrou que as mobilizações continuam ganhando força e adesão. Próxima etapa: construção de nova greve geral em 30 de junho.

Continue lendo Precisamos ampliar e fortalecer a mobilização

Em defesa do Hospital São Paulo

No dia 08 de junho de 2017 as categorias docente, discente e técnico-administrativo realizaram um ato em defesa do Hospital São Paulo (HSP). A mobilização buscou chamar atenção da comunidade universitária e da população em geral para a crise orçamentária enfrentada pelo HSP, que sem recursos está obrigado a cancelar atendimentos.

Segundo nota da Comissão de Mobilização da Graduação do Campus São Paulo da Unifesp o HSP “permanece sem receber recursos do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e ao Ministério da Saúde (MS), embora tenha direito à verba de acordo com o Decreto nº 7.082/2010, que estabeleceu o programa em 2010. Nele, está inserida a Portaria Interministerial nº 883/2010 que reconhece o Hospital São Paulo como hospital universitário da Unifesp”.

Continue lendo Em defesa do Hospital São Paulo