Arquivo mensais:Março 2017

Todo apoio aos servidores municipais de Santos e aos professores da cidade e estado de São Paulo

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de São Paulo (Adunifesp-Ssind) declara seu apoio à legítima mobilização dos servidores municipais de Santos que entram na terceira semana de greve por reajustes salariais, aos servidores municipais da educação de São Paulo em greve desde o dia 15 de março e aos servidores estaduais da educação de São Paulo em greve desde o dia 28 de março, categorias mobilizadas também contra as reformas da previdência. Os salários historicamente defasados em todas as categorias citadas não receberam reajustes nos últimos anos comprometendo as condições de trabalho dos servidores. E as propostas de reforma nas previdências municipais e estaduais retira uma série de direitos consolidados. A Adunifesp-Ssind reforça o apoio aos servidores e repudia as ações municipais e estaduais que seguem comprometendo os direitos de seus servidores.

Adunifesp-SSind

Reforma Tributária com Transparência das Contas Públicas: a sociedade e o Estado

O sistema tributário brasileiro é muito injusto porque taxa muito pouco as altas rendas, as grandes propriedades rurais  e urbanas,  e a riqueza e os ganhos financeiros, ainda mais se observarmos o quanto é a elevada taxação sobre o consumo. O documento em anexo, subscrito por muitas entidades de economistas, sindicatos e organizações de  defesa dos direitos humanos, demonstra essas injustiças com números  eloquentes e ressalta ainda a necessidade de maior transparência dos orçamentos e de maior  participação da sociedade, para que o Estado brasileiro seja mais justo e eficaz.

Nesse sentido a Associação dos Docentes da Unifesp (Adunifesp-SSind) concorda e referenda  a “Proposta de Reforma Tributária com transparência das contas públicas” elaborada pelo Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo.

Clique aqui e acesse o documento na íntegra

Adunifesp-SSind

Precisamos dialogar com os parlamentares sobre a reforma da previdência! (SUGESTÃO DE TEXTO)

No início da semana publicamos um comunicado convidando a todos e todas a manifestar sua indignação e discordância junto aos parlamentares do Congresso Nacional sobre a aprovação da reforma da previdência – PEC 287/16.

A proposta é que mesmo com um posicionamento comum como categoria e entidade multipliquemos os contatos aos gabinetes exigindo diálogo e satisfação enquanto eleitores e cidadãos.

Segue abaixo uma sugestão de texto para incentivá-los e novamente a lista dos parlamentares (clique nos links abaixo para acessar conteúdo em formato .doc).

SUGESTÃO DE TEXTO

LISTA DE CONTATO DOS PARLAMENTARES

Contamos com sua participação para resistirmos a essa afronta a nossos direitos.

Adunifesp-SSind

Precisamos dialogar com os parlamentares sobre a reforma da previdência! (Lista com o contato dos representantes de SP)

Com a eminente votação da reforma da previdência (PEC 287) no Congresso Nacional precisamos seguir expressando nosso descontentamento e discordância em relação à proposta de emenda constitucional que se aprovada significará um grande retrocesso em nossa organização social, pois nega condições dignas de aposentadoria à maioria da população e amplia significativamente a desigualdade.

Convidamos a todos e todas a exercer seu direito de cidadão politicamente ativo e escrever aos deputados e senadores que elegemos para questioná-los sobre a votação da reforma, pois estes parlamentares têm o dever de representar nossos interesses no Congresso Nacional e essa proposta não nos representa.

Como a base que os elegeu temos força suficiente para estabelecer esse diálogo, ainda mais com o início de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar os desvios da Previdência Social, o debate público sobre a reforma estará na ordem do dia, cabe a nós nos apropriarmos do tema e participarmos da discussão.

Clique aqui para a lista com o contato dos parlamentares representantes do estado de São Paulo.

Associação dos Docentes da Unifesp (Adunifesp-Ssind)

Não aceitaremos mais ataques à classe trabalhadora! – Grande Ato na Av. Paulista

O dia 15 de março de 2017 foi marcado por atos e manifestações por todo o país contra as reformas da previdência e trabalhista. Em São Paulo a grande concentração se deu na Av. Paulista com maciça presença da população, unindo-se às entidades de classe, centrais sindicais e movimento sociais. Além de um dia nacional de paralisação o dia 15/03 marcou o início da greve da educação básica, convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) contra a retirada de direitos previdenciários e trabalhistas, pelo cumprimento da lei do piso salarial e contra o Programa Escola Sem Partido. Em São Paulo a rede municipal de ensino aderiu imediatamente, deflagrando a greve neste dia 15/03 e a rede estadual de ensino também aderiu mas iniciará o movimento em 28/03.

Continue lendo Não aceitaremos mais ataques à classe trabalhadora! – Grande Ato na Av. Paulista

Não à reforma da previdência! – Ato conjunto na Unifesp

Neste dia 15 de março, dia nacional de luta contra a reforma da previdência a Associação dos Docentes da Unifesp (Adunifesp-Ssind) e o Sindicato dos Trabalhadores da Unifesp (Sintunifesp) realizaram ato conjunto em frente ao Hospital São Paulo (HSP) para denunciar as péssimas condições de trabalho e atendimento no hospital, defender a saúde e educação públicas e se posicionar contra as reformas da previdência e trabalhista.

Continue lendo Não à reforma da previdência! – Ato conjunto na Unifesp