Arquivo mensais:fevereiro 2017

Moção solicitando nomeação imediata e definitiva da reitoria eleita da Unifesp é apoiada por mais de 10 entidades ligadas ao ensino superior

2015-2016-página001

MOÇÃO PELA NOMEAÇÃO IMEDIATA DA PROFª. DRª. SORAYA SMAILI COMO REITORA E PROF. NELSON SASS COMO VICE-REITOR DA UNIFESP

As entidades que abaixo subscrevem solicitam a imediata e definitiva nomeação da Profª. Drª. Soraya Smaili como reitora e Prof. Nelson Sass como vice-reitor da Unifesp, respeitando a decisão do Conselho Universitário da Unifesp (CONSU), órgão máximo da instituição. Este Conselho, em reunião ordinária no dia 23 de novembro de 2017, por votação secreta, referendou a consulta à comunidade universitária na composição da lista tríplice apresentada à Presidência da República através do Ministério da Educação (MEC). A sua nomeação pro tempore não é garantia de respeito às decisões do CONSU pois mantém uma situação provisória por prazo indeterminado, comprometendo a confiança necessária para a atuação no cotidiano da universidade e ferindo diretamente a autonomia universitária para eleição de seus próprios dirigentes.

Associação dos Docentes da Universidade Federal de São Paulo – Adunifesp-SSind

Associação do Pós-graduandos da Universidade Federal de São Paulo – APG Unifesp

Sindicato dos Trabalhadores da Unifesp – Sintunifesp

Associação dos Docentes da Universidade de São Paulo – Adusp-SSind

Associação dos Docentes da Universidade Federal do ABC – Adufabc-SSind

Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Campinas – Adunicamp-SSind

Seção Sindical dos Docentes da Universidade Federal do Pampa – Sesunipampa

Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Centro-Oeste – Adunicentro-SSind

Associação dos Professores da Universidade Federal do Paraná – Apufpr-SSind

Associação dos professores da Universidade do Estado de Santa Catarina – Aprudesc-SSind

Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pelotas – AdufPel- SSind

Seção Sindical do Andes na Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Associação dos Professores da Universidade Federal do Maranhão – APRUMA-SSind

Sindicato Nacional dos docentes das Instituições de Ensino Superior – ANDES-SN

Central Sindical e Popular Conlutas – CSPConlutas

Moção pela nomeação imediata da Profª. Soraya Smaili como reitora e Prof. Nelson Sass como vice-reitor da Unifesp

2015-2016-página001

Ilmo Secretário de Educação Superior do Ministério da Educação

Sr. Paulo Barone

A Congregação da Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (EPPEN), campus Osasco da Unifesp, reunida extraordinariamente em 17 de fevereiro de 2017, solicita a imediata e definitiva nomeação da Profª. Drª. Soraya Smaili como reitora e Prof. Nelson Sass como vice-reitor da Unifesp, respeitando a decisão do Conselho Universitário da Unifesp (CONSU), órgão máximo da instituição. Este Conselho, em reunião ordinária no dia 23 de novembro de 2017, por votação secreta, referendou a consulta à comunidade universitária na composição da lista tríplice apresentada à Presidência da República através do Ministério da Educação (MEC). A sua nomeação pro tempore é insuficiente garantia de respeito às decisões do CONSU, pois mantém uma situação provisória por prazo indeterminado, comprometendo a confiança necessária para a atuação no cotidiano da universidade e ferindo diretamente a autonomia universitária para eleição de seus próprios dirigentes.

Moção de apoio aos servidores públicos municipais de Florianópolis-SC

23019788

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de São Paulo manifesta publicamente seu apoio aos servidores públicos municipais de Florianópolis em sua luta contra as arbitrariedades da gestão municipal que para aprovar medidas que retiram direitos dos trabalhadores, como a exclusão do anuênio, licensa-prêmio e extensão da jornada de trabalho, atacaram os dirigentes sindicais com mandados de prisão. Uma violenta ação que criminaliza o legítimo movimento político em defesa dos trabalhadores.

Continue lendo Moção de apoio aos servidores públicos municipais de Florianópolis-SC

Editorial da Diretoria: 15 de março – dia nacional de paralisação e luta

2015-2016-página001

O ano de 2017 não será nada fácil para a educação pública e para categoria docente. Ainda atordoados pelo duro golpe do congelamento de gastos públicos por 20 anos (PEC 241/16 – 55/16), que promete tratar a crônica crise de financiamento da educação pública com soluções de mercado, temos que nos preparar para a ampliação da precarização das condições de ensino e trabalho, além do sucateamento da insuficiente infraestrutura existente. A UERJ foi apenas a primeira a expor as consequências desse quadro de crise tratada com arrocho, para ficarmos com o exemplo da educação superior no sudeste, não nos enganemos, esse quadro é nacional a atinge todos os níveis da educação pública.
Continue lendo Editorial da Diretoria: 15 de março – dia nacional de paralisação e luta