Arquivo diários:27 de novembro de 2014

Carreira Docente – Aprovadas as normas para promoção classe “E” – Professor Titular

Na reunião extraordinária do Conselho Universitário, realizada no dia 18 de novembro, foram aprovadas as normas para promoção para classe “E” (professor titular) da carreira docente, conforme Lei n. 12.772, de 28 de dezembro de 2012 e Portaria  do Ministério da Educação, n. 982, de 3 de outubro de 2013. Em destaque os principais critérios:

1) A Livre Docência será considerada para pontuação da promoção, mas incluída na produção científica e não como um item à parte;
2) Os pesos das grandes áreas de atividade serão distribuídos da seguinte forma: Ensino (25 pontos); Pesquisa (35 pontos); Extensão (25 pontos); Gestão (15 pontos). E serão iguais para todos os campi;

3) O período de avaliação da vida acadêmica do candidato terá como ênfase aquele em que esteve na classe de Professor Associado, o que não invalida a importância dada pelo candidato a eventos que estejam fora deste período;
4) As Congregações das Unidades Universitárias poderão dar pontuação diferente para os itens dentro de cada grande área de atividades;
5) Não haverá aula de erudição;

É com grande satisfação que a Adunifesp-SSind divulga essa nota. Enquanto entidade voltada para defesa constante de melhoria das condições de trabalho da categoria docente, é necessário assinalar que esta pauta foi central, por envolver de imediato o interesse de 120 docentes, e o resultado político obtido pela ação da Adunifesp-SSind junto à Comissão eleita pelo Consu para elaborar as normas e também junto à instâncias como Congregações e Departamentos foi bastante positivo. Tratou-se de um trabalho minucioso de compilação de informações legais, investigação das regras construídas por outras universidades, incentivo e proposição de debates nos campi, e nas várias assembleias convocadas pela Associação. O pedido de adiamento junto ao Conselho Universitário da nova minuta de Resolução para podermos ampliar e aprofundar os debates entre os docentes e evitar que a Resolução incorporasse aspectos que mais dificultasse do que permitisse a promoção, mostrou-se uma medida benéfica à categoria.
  Consideramos que todo esforço foi válido sendo bastante produtivo e pedagógico, coroando as ações conjuntas de todos os docentes que participaram para o alcance dessa conquista! As condições agora aprovadas para promoção à classe “E” estão mais próximas da estrutura de carreira docente pela qual o movimento nacional dos professores federais lutou em 2012, com destaque para a conquista que obtivemos em relação à  não restrição do número de vagas, de tal forma que se abre agora a possibilidade que todos os colegas que reúnam os requisitos exigidos possam chegar ao último nível da carreira. E também servirão de sólida orientação para a promoção à classe “D” (professor associado).
Assim é importante frisar que o trabalho e as discussões sobre a carreira docente na Unifesp não acabaram. É com a mesma motivação e compromisso que convidamos os docentes, principalmente aqueles em vias de promoção à classe “D”, a buscarem informações e iniciarem debates sobre a próxima etapa a ser objeto de aprovação no Consu. Etapa esta em que a Adunifesp-SSind assumirá novamente um importante papel junto aos docentes para continuarmos conquistando melhorias em relação à carreira docente, pois A LUTA CONTINUA, colegas!