Arquivo diários:10 de abril de 2013

ANDES-SN apresenta plano de lutas 2013 à Andifes e solicita agenda de reuniões

O ANDES-SN se reuniu na manhã desta terça-feira (9) com representantes da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) para apresentar o plano de lutas 2013 para o Setor das Ifes, aprovado no 32º Congresso do Sindicato Nacional, realizado no início de março no Rio de Janeiro.

O encontro foi solicitado pelo ANDES-SN, que reivindicou também uma agenda de reuniões à entidade representativa dos dirigentes das Ifes para discutir os problemas gerados pelo processo expansão do Ensino Superior, que vêm sendo denunciado pelo ANDES-SN, como a falta de infraestrutura, condições de trabalho e a carência de professores e técnicos nas Universidades Federais.

A presidente do ANDES-SN, Marinalva Oliveira, apontou que a suspensão da greve do ano passado indica que os docentes estão dispostos a continuar a negociar a pauta de reivindicações colocada em 2012, que traz como pontos principais as condições de trabalho e a reestruturação da Carreira Docente. “Em nosso congresso, reafirmamos como item em nossa Campanha 2013 a luta pela melhoria das condições de trabalho nas instituições e pelo projeto de carreira elaborado pelo ANDES-SN através das contribuições da base e apresentado tanto ao governo quanto à Andifes já em 2011”, acrescentou.

O presidente da Andifes, Carlos Maneschy, disse que o processo de expansão das Ifes ainda não está concluído e reconheceu que existem problemas nas instituições. Mas, segundo o reitor da UFPA, muitos deles são decorrentes de programas de expansão realizados fora projeto original pactuado com os reitores e também em decorrência do déficit anterior ao Reuni e que vêm sendo jogados na conta do projeto de expansão do Governo, implantado 2007.

Maneschy apontou que existem divergências entre as visões das entidades, mas concordou com a necessidade de estabelecer uma agenda de reuniões com o ANDES-SN para discutir e buscar soluções conjuntas para os problemas, onde há consenso.

Já em relação à carreira docente, o presidente da Andifes informou que, em reunião com o Ministério da Educação, foi apontado aos reitores a intenção do governo federal de propor alterações de alguns pontos da Lei 12.772/2012, sem especificar quais.

Os diretores do ANDES-SN sinalizaram que a informação é positiva, uma vez que está na pauta do sindicato continuar a discussão sobre a carreira e que a entidade aposta na reabertura de negociações com o MEC.

Um novo encontro deve ser agendado ainda para o mês de abril, onde será definida a pauta das próximas reuniões entre as entidades.

Fonte: ANDES-SN