Arquivo diários:24 de maio de 2012

Greve dos docentes da Unifesp ganha repercussão nos meios de comunicação

O início da greve dos docentes da Unifesp, deflagrada em assembleia geral com mais de 200 pessoas na última terça-feira (22), ganhou ampla repercussão nos meios de comunicação. No mesmo dia, duas das universidades federais mais importantes do país também paralisaram as suas atividades acadêmicas, a UFRJ e a UFF. A pauta central da mobilização é a valorização da carreira docente. Atualmente, 45 das 59 universidades federais já estão paradas e a greve já é apontada como uma das mais fortes da história. Na próxima terça-feira (29), os professores da Unifesp voltam a se reunir para decidir o futuro do movimento. Clique em leia mais e confira algumas das matérias mais significativas sobre a greve.

Greve na Unifesp

1 – Greve de professores nas universidades federais (álbum de fotos do Portal UOL)
http://educacao.uol.com.br/album/2012/05/22/professores-da-unifesp-decid…

2 – Professores da Unifesp aderem à greve nacional; pelo menos 40 universidades estão paradas (Portal UOL)
http://educacao.uol.com.br/noticias/2012/05/22/professores-da-unifesp-ad…

3 – Depois de Unifesp, UFRJ adere à greve; já são 43 universidades (Portal Terra)
http://noticias.terra.com.br/educacao/noticias/0,,OI5788731-EI8266,00-De…

4 – Unifesp anuncia adesão à greve nacional de professores (Portal G1)
http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2012/05/unifesp-anunci…

5 – Apesar da greve nas universidades federais, hospital da Unifesp funciona (JB / Agência Brasil)
http://www.jb.com.br/pais/noticias/2012/05/23/apesar-da-greve-nas-univer…

6 – Professores da Unifesp aderem à greve nacional (Estado de Minas / Agência Brasil)
http://www.em.com.br/app/noticia/especiais/educacao/2012/05/22/internas_…

7 – Apesar de greve, hospital da Unifesp funciona (UOL / Agência Estado)
http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/estado/2012/05/23/apes…

8 – Professores da Unifesp decidem aderir à greve nacional (Folha.com / Agência Brasil)
http://www1.folha.uol.com.br/saber/1094044-professores-da-unifesp-decide…

9 – Professores da Unifesp decidem aderir à greve (Portal R7)
http://noticias.r7.com/educacao/noticias/professores-da-unifesp-decidem-…

10 – Professores de 5 dos 6 da campi da Unifesp aderem à greve nacional (Folha de São Paulo)
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidiano/44561-professores-de-5-dos-6-…

11 – Unifesp adere à greve das universidades federais (Revista Brasileiros)
http://www.revistabrasileiros.com.br/2012/05/22/unifesp-adere-a-greve-as…

12 – Professores da Unifesp da região entram em greve por tempo indeterminado (A Tribuna)
http://www.atribuna.com.br/noticias.asp?idnoticia=150313&idDepartamento=…

Greve Nacional

1 – Professores de 44 universidades federais estão em greve (Portal G1 / TV Globo / Jornal Nacional)
http://g1.globo.com/jornal-nacional/videos/t/edicoes/v/professores-de-44…

2 – Greve de professores afeta 1 milhão de alunos de universidades federais (Portal G1 / TV Globo / Bom Dia Brasil)
http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2012/05/greve-de-profe…

3 – Alunos tiram a roupa em passeata de apoio à greve dos professores no AM (Portal G1)
http://g1.globo.com/amazonas/noticia/2012/05/alunos-tiram-roupa-em-passe…

4 – Após adesão em Santa Maria, RS já tem três universidades paralisadas (Portal G1)
http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2012/05/apos-adesao-em-…

5 – Governo decide não negociar com professores das universidades federais em greve (Band News)
http://bandnewsfm.band.com.br/Noticia.aspx?COD=595216&Tipo=363

6 – UFSM adere à greve nacional; já são pelo menos 45 instituições (Portal Terra)
http://noticias.terra.com.br/educacao/noticias/0,,OI5791418-EI8266,00-UF…

7 – Professor com doutorado recebe menos que um policial rodoviário; tabela com comparações ganha destaque no Facebook (Portal UOL)
http://educacao.uol.com.br/noticias/2012/05/23/professor-com-doutorado-r…

8 – De 59 instituições federais de ensino superior, 43 estão em greve (Portal IG)
http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2012-05-22/de-59-instituicoes-fe…

9 – Federais do RJ e de SP podem entrar em greve nesta terça; 39 universidades estão paradas (Portal UOL)
http://educacao.uol.com.br/noticias/2012/05/22/federais-do-rj-e-de-sp-po…

Após deflagração da greve, docentes da Unifesp realizam assembleias nos campi

Uma assembleia histórica deflagrou a primeira greve docente a atingir praticamente todos os campi da Unifesp. A plenária realizada na última terça-feira (22), contou com mais de 200 professores – pelo menos 196 assinaram a lista de presença – e não houve nenhum voto contrário à paralisação das atividades acadêmicas. Desta forma, a Unifesp junta-se à greve nacional deflagrada pelo ANDES-SN e que já atinge 45 das 59 universidades e institutos federais. A pauta central da mobilização é a valorização da carreira docente.

Na Unifesp, apenas os docentes de Guarulhos se abstiveram na assembleia geral devido à situação particular do campus, que enfrenta uma greve estudantil há quase dois meses reivindicando melhores condições de educação e políticas de acesso e permanência. Os estudantes de Diadema também iniciaram uma greve após a paralisação docente. Já em São Paulo, os alunos aprovaram em assembleia, nesta quinta-feira (24), apoio aos professores e indicativo de greve a partir do dia 29 de maio; os de Osasco, por sua vez, realizam uma assembleia local ainda hoje. Os servidores técnico-administrativos das universidades federais também discutem iniciar uma greve nacional.

Na próxima terça-feira (29), outra Assembleia Geral, no anfiteatro A do campus São Paulo, às 10 horas, debaterá o futuro da greve, analisando os resultados da negociação do dia anterior, quando acontece uma reunião do Grupo de Trabalho sobre a reestruturação da carreira, com a presença de representantes dos docentes e do governo federal. A comunidade Unifesp estuda realizar na próxima semana um ato público no vão-livre do MASP, na avenida Paulista, para dialogar com a população as reivindicações da greve. Assim que confirmada a manifestação, divulgaremos os detalhes.

As fotos da assembleia geral que deflagrou a greve podem ser conferidas aqui.

Confira abaixo os relatos das assembleias locais dos docentes dos campi de São Paulo, Baixada Santista, São José dos Campos e Osasco, realizadas nesta quarta-feira (23). Os professores de Guarulhos e Diadema devem se reunir em seus respectivos campi nesta sexta-feira (25), às 10 horas.

Campus São Paulo

A Assembleia Geral da UNIFESP ocorrida no campus São Paulo no dia 22 de maio, contou com a presença de mais de 200 docentes de todos os campi e aprovou, quase por unanimidade, a deflagração da greve a partir de hoje dia 23/05/2012.

Nesta quarta feira (23), os docentes do Campus São Paulo – Vila Clementino reunidos em Assembleia ocorrida no Anfiteatro A, discutiram as formas de paralisação a serem implantadas levando em consideração as particularidades das atividades do Campus. Foram aprovadas por unanimidade as seguintes medidas:

1) Paralisação das atividades didáticas de graduação e pós-graduação;
2) Paralisação de marcação de novas defesas de teses, cursos, workshops, etc. Podendo ser  mantidas as atividades já agendadas devido aos gastos e passagens já compradas e outros gastos efetuados (bancas de teses, concursos, PIBIC, etc);
3) Manutenção das atividades práticas de pesquisa com prazos previamente estabelecidos;
4) Manutenção das reuniões dos Conselhos Centrais e suspensão das reuniões de colegiados não emergenciais.

Ficou indicada uma nova Assembleia Geral da Unifesp, a ser realizada no campus São Paulo, Anfiteatro A, no dia 29 de maio, às 12 horas.

Os docentes presentes à Assembleia sugerem que antes a reunião do Comando Local de Greve tenha início na sexta-feira, 25 de Maio, às 12 horas para que de tempo de realizarmos as atividades preparatórias da próxima semana nos diferentes Campi e decidir sobre o ato (se haverá tempo hábil ou não) indicado para o dia 28 de Maio.

Os estudantes presentes à Assembleia se manifestaram e pediram aos docentes que comparecessem para informes na Assembleia Geral dos estudantes do campus São Paulo, a se realizar nesta quinta-feira (24), às 14 horas no Anfiteatro Boris Casoy, sendo que uma comissão decidiu pela ida à referida atividade.

O comando local de greve manterá a comunidade informada sobre o andamento das atividades relacionadas à greve.

Campus Baixada Santista

Em Assembleia Geral dos docentes da Unifesp no dia 22 de maio, convocada pela Adunifesp, foi deflagrada greve geral a partir de 23 de maio de 2012.

Nós, professores da UNIFESP – Baixada Santista, reunidos em assembleia no dia 23 de maio deliberamos:

1) que estão suspensas todas as atividades docentes, ou seja, aulas da graduação e pós-graduação, atividades de ensino, pesquisa e extensão;
2) serão mantidas as atividades docentes administrativas, das chefias de departamentos relacionadas a direitos trabalhistas (por exemplo: férias, licenças médicas e maternidade, entre outras)
3) a necessidade de abertura de negociação com as pró-reitorias de graduação, extensão e de assuntos estudantis, para suspensão dos prazos de entrega de relatórios de bolsistas, bem como entrada de novos projetos (monitoria, PIBIC, PET, extensão, bolsa gestão), previstas para esta e a próxima semana. A posição da categoria é de envidar esforços para que os estudantes tanto da graduação e da pós-graduação não sejam punidos e prejudicados com cortes de bolsas. Nesse sentido solicitamos que sejam feitas as devidas gestões junto aos órgãos de fomento.
4) As atividades docentes que envolvem prestação de serviços à comunidade de qualquer tipo estão suspensas, sendo que os professores responsáveis se encarregarão de explicitar aos serviços e à população atendida os motivos e significado da greve nacional.

Campus São José dos Campos

A assembleia local contou com a participação de 31 docentes, ocorreu no dia 23 de maio, no anfiteatro do campus, e discutiu principalmente os três pontos abaixo:

1) Informes sobre as decisões tomadas na Assembleia Geral da Unifesp realizada ontem, dia 22/05;
2) Criação de um grupo de professores que serão o contato entre Comando de Greve local e o grupo de professores e alunos de nosso campus;
3) Discussão sobre ações e atividades a serem realizadas no período de greve. Nesse debate surgiram 4 ações que julgamos imediatas que ajudariam na divulgação de nossa adesão. As ações são:
3.1) Faixas nas dependências do mostrando para a comunidade que o campus está em greve;
3.2) Entrar em contato com meios de comunicação regionais para informar os motivos da greve. No entanto, não sei se podemos nos pronunciar sobre esse assunto, pois imagino que a Adunifesp tenha alguém que seja responsável pela divulgação de informações a imprensa;
3.3) Esclarecimento dos motivos da greve aos alunos, pois ainda não está claro para muitos e como fica a situação da reposição das aulas, visto que uma pequena parte dos professores ainda continua ministrando suas aulas;

3.4) Participar das mobilizações divulgadas pelo Comando de Greve e nesse quesito já aprovamos a participação na mobilização na segunda, dia 28/05, no MASP (uma vez que essa mobilização seja oficializada).

Campus Osasco

A Assembleia local dos docentes da Unifesp de Osasco contou com 13 dos 23 professores atualmente em exercício no campus. A plenária foi realizada no dia 23 de maio no auditório da unidade e deliberou a manutenção da greve e os seguintes encaminhamentos:

1) Participação na assembleia dos alunos a realizar-se no dia 24, às 17h30 no auditório, a fim de apresentar informes e esclarecimentos sobre a greve;
2) Elaboração de um texto sobre a adesão dos docentes de Osasco à greve para ser postado no site do jornalista Luís Nassif, onde uma aluna trabalha;
3) Participação na reunião do comando de greve na sexta feira às 15 horas;
4) Apresentação do nome da professora Patrícia Valéria, doutora em Ciências Contábeis, para participar da reunião da Diretoria da Adunifesp na segunda-feira, dia 28, às 12 horas, a fim de definir as formas de colaboração com a Adunifesp na discussão sobre o orçamento da Unifesp;
5) Participação da manifestação unificada no dia 28, no vão do MASP (se a mesma confirmar-se);
6) Participação da Assembleia Geral da Adunifesp na terça-feira às 10h00;
7) Realização de nova assembleia no campus na quarta-feira, dia 30, às 13h30.