Arquivo diários:26 de Janeiro de 2012

Carta de Manaus sintetiza luta do ANDES-SN para 2012

O documento apresentado ao final do 31º Congresso do ANDES-SN, que aconteceu entre os dias 15 e 20 deste mês em Manaus (AM), apresenta um resumo das deliberações e traz também uma síntese dos eixos que devem nortear as ações do Sindicato Nacional neste ano de 2012.

A carta destaca a centralidade da luta, aprovada pelos 323 delegados presentes no evento, definida na “defesa da educação pública em todos os níveis, gratuita, laica, universal e com padrão unitário de qualidade e de condições de trabalho, carreira docente, salários dignos, fortalecendo o ANDES-SN como legítimo representante sindical dos docentes das IES, a partir da intensificação da organização de base e da unidade das lutas com o conjunto do movimento social autônomo e classista”.

O texto também aponta para o crescimento da entidade, com a homologação de várias seções sindicais durante o 31º Congresso “resultado do intenso trabalho de base e de concordância com os princípios de liberdade, autonomia e democracia sindical”. Saúda a inscrição de chapas concorrentes ao processo eleitoral para a direção do Sindicato Nacional, que, segundo a carta, demonstra o vigor da organização da entidade.

Ao finalizar, ressalta que “Sob a égide das políticas deliberadas e do plano de lutas aprovado, o ANDES-SN fortalece o movimento, articulado com os trabalhadores, em defesa da Educação Pública e Gratuita e de Qualidade socialmente referenciada, cimentando sua profunda relação com cada professor de sua base, pautado firmemente nos princípios de autonomia e democracia que têm garantido a existência e permanência do Sindicato entre as forças políticas da transformação e construção de uma sociedade igualitária, humana e criadora da paz e da justiça”.

Veja aqui a íntegra do documento.

Fonte: ANDES-SN