Arquivo diários:1 de dezembro de 2011

Projeto Univercine apresenta filme Doramundo em sua última sessão de 2011

A última sessão de 2011 do Projeto Univercine acontece no sábado, três de dezembro, às 14 horas, e apresenta o filme Doramundo, de João Batista de Andrade. A obra é um drama policial e enfoca a mudança provocada na rotina e no comportamento dos habitantes de uma pequena cidade ferroviária do interior de São Paulo por uma sucessão de mortes estranhas. O elenco conta com nomes como Antônio Fagundes, Irene Ravache e o cantor e apresentador Rolando Boldrin. Após a projeção, acontecerá um debate com a presença de Ana Maria Pimenta Hoffmann, professora do curso de História da Arte da UNIFESP, e com mediação de Mauro Rovai.

Desde 2010, uma parceria firmada entre a Unifesp e a Cinemateca realiza sessões educativas acadêmico-culturais voltadas para a formação de público e à discussão dos principais temas relativos às ciências humanas. A Cinemateca fica no Largo Senador Raul Cardoso, 207, entre a Avenida Sena Madureira e o Metrô Vila Mariana. Mais informações pelo telefone (11) 3512-6111 (ramal 215) ou pelo e-mail contato@cinemateca.org.br. A atividade é gratuita e a classificação indicativa desta sessão é 18 anos.

FICHA TÉCNICA E SINOPSE:
Doramundo, de João Batista de Andrade
São Paulo, 1978, 35mm, cor, 85’
Antônio Fagundes, Irene Ravache, Rolando Boldrin, Armando Bogus, Sergio Hingst, Celso Frateschi
Em 1939, na cidade ferroviária de Cordilheira, perto de São Paulo, construída e explorada pelos ingleses, surge nos trilhos um operário assassinado. O assessor do superintendente passa a cuidar do caso e chama um famoso e temível delegado da capital para ajudar na investigação. Novos mortos começam a surgir misteriosamente e a empresa que explora a estrada de ferro resolve intervir, temendo a repercussão jornalística dos acontecimentos. Baseado no romance homônimo de Geraldo Ferraz, o roteiro do filme contou com a colaboração de Vladmir Herzog, Alain Fresnot, David José, Roberto Menezes e João Silvério Trevisan. Vencedor dos prêmios de Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Cenografia no Festival de Gramado.