Arquivo diários:15 de junho de 2011

Inauguração de prédio próprio do Campus de Santos é adiada mais uma vez

A “novela” da entrega do prédio próprio do campus da Baixada Santista parece não ter fim. Recentemente a comunidade local foi informada do novo adiamento da inauguração, agora para setembro deste ano, prolongando o comprometimento das condições de ensino e trabalho e a política de permanência estudantil por mais um semestre letivo. Durante a mobilização de estudantes, docentes e servidores técnicos no segundo semestre de 2010 foi acertado com a Reitoria, a Direção do Campus, a Engenharia da Unifesp e até a construtora contratada para a obra, que o imóvel na Rua Silva Jardim estaria pronto no dia 10 de junho de 2011.

Em protesto contra o novo adiamento, no dia 10 cerca de cem pessoas realizaram uma manifestação, caminhando da atual sede na Av. Ana Costa até a obra na Rua Silva Jardim. No local, estudantes e docentes encenaram uma suposta inauguração do prédio e cobraram esclarecimentos da Reitoria e dos outros órgãos responsáveis. “Marcar esta data significa reafirmar às instâncias centrais de gestão da Unifesp que não estamos omissos”, afirmou um dos docentes presentes no ato.

Desde o início de 2011, por falta de espaço para as atividades, a Unifesp precisou alugar salas no Colégio São José, no bairro do Gonzaga. Atualmente, as aulas estão divididas em três prédios distantes entre si. A comunidade ainda reclama que o edifício situado na Avenida Saldanha da Gama, no bairro da Ponta da Praia, está com várias salas interditadas devido a problemas como goteiras e infestação de pombos nos forros dos tetos.