Arquivo diários:6 de fevereiro de 2010

29º Congresso do Andes aprova defesa das cotas

A Universidade Federal do Pará recebeu entre os dias 26 de janeiro e 1º de fevereiro, o 29º Congresso do Sindicato dos Docentes do Ensino Superior (Andes-SN). Mais de 300 delegados participaram dos debates e deliberaram as resoluções que irão nortear o próximo ano da entidade, além de mais uma vez reafirmarem os princípios históricos de defesa da universidade pública e gratuita e do movimento sindical combativo e independente.

Os delegados aprovaram um plano de lutas centrado na valorização do trabalho docente, contra todas as formas de precarização; na defesa incessante da educação pública; na manutenção do registro do Andes e contra toda a forma de divisão do movimento docente; e na reorganização do movimento social, através da construção de uma nova central, classista, sindical e popular.

A maior polêmica do encontro foi quanto ao posicionamento sobre o sistema de cotas para a educação superior pública. Os delegados aprovaram o apoio do Andes, porém defendendo um modelo de cotas como política afirmativa transitória e acompanhada de uma política de financiamento e permanência estudantil adequada. A entidade irá aprofundar no próximo ano o modelo que irá defender e já prepara uma edição especial da Revista Universidade e Sociedade sobre o assunto.

O Congresso também foi marcado pela abertura do processo eleitoral da entidade, que ocorre em Maio. Duas chapas se inscreveram, mas apenas uma, a “Andes Autônoma e Democrática”, conseguiu apresentar a documentação necessária para homologar a inscrição. A candidata à presidente é a professora da UFF, Marina Barbosa. Já a Chapa, “Andes Para os Professores”, presidida pelo professor da UNB, Flávio Borges Botelho Filho, não conseguiu completar os 83 membros espalhados por todas as regiões do Brasil. Duas representantes da Unifesp concorrem na Chapa inscrita como diretoras da Regional São Paulo. As professoras Soraya Smaili e Clélia Rejane Antonio. A cobertura completa do 29º Congresso está no site http://www.andes.org.br/.

(Com informações do site do Andes-SN)